Poesia em português: Alphonsus de Guimaraens

AlphonsusAfonso Henrique da Costa Guimarães, conhecido por simplesmente Alphonsus de Guimaraens, é um literato mineiro nascido em 1870 e morto em 1921.  Como poeta o seu movimento é o simbolismo e o neo-romantismo; além de poeta é advogado, juiz e jornalista.  Na sua vida e obra causa impacto a prematura morte da sua prima e noiva Constança, na altura em que ele tem dezassete anos.

As suas obras ficam disponíveis nos seguintes sítios da teia de aranha de amplitude mundial:

Da sua obra poética, escolhemos o seguinte poema:

Ismália

Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar…
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em luar…
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar…

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar…
Estava perto do céu,
Estava longe do mar…

E como um anjo pendeu
As asas para voar…
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar…

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par…
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar.

Eis a musicalização feita pela Escola Brasileira de Música Contemporânea, com produção de Reinaldo Filho.

Esta entrada foi publicada em Poesia. ligação permanente.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s