Poesia em português: Luís de Camões

Luíz Vaz de Camões, que assina as suas obras como Luís de Camões, é um literato lisboeta nascido circa 1524 e morto em 1580. A sua importância é tão grande que quando em 1992 o Ministério dos Negócios Estrangeiros do Governo de Portugal cria o Instituto Público da Cooperação e da Língua, dá-lhe o seu nome.

As suas obras ficam disponíveis nos seguintes sítios da teia de aranha de amplitude mundial:

Estas obras dividem-se em três géneros:

  • Comédias: Filodemo, Anfitriões e provávelmente também a comédia El-Rei Seleuco.
  • Poesia épica: Os Lusíadas, obra dividida em dez cantos com um total de 8 816 versos.
  • Poesia lírica: Numerosos poemas dispersos, publicados conjuntamente após a sua morte no livro Rimas.

Deste livro Rimas tomamos o soneto número LXVII.

LXVII

Pois meus olhos não cansam de chorar
Tristezas não cansadas de cansar-me;
Pois não se abranda o fogo em que abrasar-me
Pôde quem eu jamais pude abrandar;

Não canse o cego Amor de me guiar
Donde nunca de lá possa tornar-me;
Nem deixe o mundo todo de escutar-me,
Enquanto a fraca voz me não deixar.

E se em montes, se em prados, e se em vales
Piedade mora alguma, algum amor
Em feras, plantas, aves, pedras, águas;

Ouçam a longa história de meus males,
E curem sua dor com minha dor;
Que grandes mágoas podem curar mágoas.

Vemos cá um vídeo no que Ana Moura canta este soneto:

Esta entrada foi publicada em Poesia. ligação permanente.

Uma resposta a Poesia em português: Luís de Camões

  1. Pingback: O Centro Cultural Português em Vigo comemora o Dia de Portugal | Estudamos português

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s